ENG 🇬🇧
maconha

Português

O que Acontece se Você Fumar Maconha Todos os Dias?

Por El Planteo

O que Acontece se Você Fumar Maconha Todos os Dias?

✍ 22 febrero, 2021 - 07:01

Matéria originalmente publicada em Benzinga e adaptada ao Weederia com autorização

O ator, comediante e maconheiro assumido, Seth Rogen disse: “Eu fumo maconha o dia todo e todos os dias por 20 anos. Para mim, é como óculos ou sapatos.”

Se o trabalho de Seth Rogen – mais famoso pelos filmes Knocked Up e Pineapple Express e o programa de TV Freaks & Geeks – não está soando um sino, então você provavelmente já ouviu a música do Dr. Dre, “Smoke Weed Every Day”.

Você definitivamente já ouviu falar do empresário da maconha e ícone da cultura da maconha Snoop Dogg, que supostamente fuma 81 baseados por dia.

Não há dúvida de que existem muitas celebridades e consumidores que fumam maconha todos os dias. Mas isso levanta uma questão: fumar maconha todos os dias é uma boa ideia? Se sim, o que realmente acontece?

THC e seu corpo e cérebro

Para saber mais, falamos com a Dra. Adie Rae, uma cientista assistente do Legacy Research Institute, com sede em Portland, Oregon. Ela também é a especialista residente no assunto em ciência e farmacologia da cannabis aqui no Weedmaps.

Sem dúvida, o consumo de cannabis tem muitos benefícios, incluindo, mas não se limitando a: controlar a dor crônica, melhorar o PTSD, ajudar as pessoas a ganhar peso, controlar a epilepsia e a ansiedade e muito mais.

E não vamos esquecer, o consumo de cannabis pode estimular a criatividade e a produtividade, e simplesmente ser divertido sem qualquer justificativa, graças ao THC, o canabinoide que deixa você chapado.

Conteúdo relacionado: Conheça os Dois Argentinos que Fizeram a Maior Exportação de Maconha da História

No entanto, de acordo com a Dra. Rae, há mais razões para não fumar maconha do que consumir com tanta regularidade. Embora a definição do que constitui consumo pesado esteja em debate, Rae diz que o uso pesado de cannabis pode aumentar o risco para as seguintes condições:

Hiperemese: condição rara que leva a vômitos repetidos e intensos, está associada ao uso diário de cannabis.

Transtorno por uso de cannabis: um diagnóstico dado para o consumo problemático de maconha.

Esquizofrenia / psicose: A esquizofrenia é um distúrbio cerebral raro e crônico que inclui delírios, alucinações, fala e pensamentos desorganizados. A psicose é apenas um sintoma da esquizofrenia que afeta o modo como o cérebro processa as informações. O uso precoce e excessivo de cannabis pode expressar sintomas de esquizofrenia.

Abuso de outras substâncias (que Rae enfatiza é a correlação e não a teoria de que a cannabis causa o abuso de outras drogas).

Você pode ter ouvido a citação, “Médico, cure-se”, e alguns sustentam que todo o uso de cannabis é em última instância medicinal, seja intencional ou não. No entanto, em alguns casos, o consumo excessivo de cannabis pode piorar alguns aspectos da nossa saúde.

“Existe a possibilidade de que o consumo diário possa piorar a depressão e interferir na reprodução masculina e feminina”, acrescentou Rae. “Mas os dados são confusos e mais pesquisas são necessárias.”

Construindo a tolerância ao THC e o sistema endocanabinoide

Um fato que não precisa de explicação para os consumidores é que o consumo regular de cannabis leva inevitavelmente à tolerância. Durante o consumo de ervas, o THC se liga aos receptores CB1, localizados em todo o corpo como parte do sistema endocanabinóide, um processo fisiológico que ajuda o corpo a criar e manter a harmonia corporal. Quando o THC se liga ao receptor CB1, não temos apenas a sensação de estar “chapados”, mas outros sistemas são modulados, incluindo sono, dor e apetite.

Mas quando o THC é consumido regularmente ou por períodos prolongados de tempo, a sensibilidade do receptor CB1 fica reduzida, o que leva a efeitos reduzidos. Quanto tempo leva para a tolerância se estabelecer depende de alguns fatores, incluindo a frequência com que você consome, o nível de THC que está consumindo e sua própria biologia pessoal.

Conteúdo relacionado: Como Investir em Ações de Maconha

“Tolerância significa que você precisa de mais e mais para alcançar o efeito desejado”, explicou Rae.

“Isso pode ficar muito feio, onde as pessoas não podem mais ficar doidas com as flores e só podem sentir algo se usarem comestíveis ou salpicos de alta dosagem. O aumento da frequência e altas doses de THC também estão associadas a todos os riscos potenciais mencionados anteriormente. “

O desenvolvimento da tolerância à cannabis também pode ser caro. Depois de desenvolver a tolerância, para atingir o mesmo efeito desejado, você terá que fazer uma das duas coisas: 1) gastar mais dinheiro para consumir com mais frequência, ou 2) consumir produtos de THC de maior potência, que podem atingir $ 75 ou mais por um oitavo.

Para evitar a tolerância, Rae disse que os consumidores deveriam fazer um “T-break”, uma pausa deliberada no consumo de cannabis para redefinir a tolerância do corpo ao THC.

“Ao fazer pausas regulares de tolerância – pelo menos 48 horas a cada 30 dias – uma pessoa pode manter seu sistema endocanabinoide sensível ao THC”, acrescentou ela. “Doses crescentes não são necessárias para sentir os efeitos da cannabis, evitando o aumento da dose e, assim, evitando riscos e custos”.

Você deve fumar maconha todos os dias? Provavelmente não. Certifique-se de reservar tempo para um intervalo para obter o máximo de benefícios financeiros e para sua boa saúde.

Este artigo foi publicado originalmente em Weedmaps


El Planteo Logo Negro

ACERCA DEL AUTOR

El equipo de El Planteo. Información madura para un mundo verde.

También puede interesarte

nikola
Mechoulam
hiperémesis cannabinoide
Exportação Maconha