Planta de Marihuana

ABC

A Planta de Cannabis ou Maconha, Parte por Parte

Por Weedmaps

A Planta de Cannabis ou Maconha, Parte por Parte

✍ 17 September, 2023 - 14:16
  • A maconha e suas partes
  • Flores
  • Cola
  • Brácteas
  • Tricomas
  • Nodos
  • Hojas Abanico
  • Hojas de Açúcar
  • Tallo
  • Pistilos vs. Estigmas
    • O que é um pistilo?
    • O que são os estigmas?
  • Tipos de plantas de cannabis
    • Índica
    • Sativa
    • Híbrida
    • Cânhamo
  • Como distinguir plantas de cannabis masculinas das femininas?
    • Plantas macho e fêmea
    • Plantas hermafroditas
  • Como reproduzir plantas de cannabis?
    • A clonagem ou “esquejado”
    • Sementes

O que você aprenderá neste artigo:

Embora você possa ter manipulado flores de cannabis secas ou curadas, é raro que alguém fora dos círculos de cultivo manipule uma planta de cannabis inteira, muito menos conheça suas partes e funções.

Por exemplo, uma de suas partes, as “folhas de açúcar” ou “sugar leaves”, recebe esse nome devido ao seu alto teor de tricomas, cuja aparência nos lembra açúcar.

Familiarizar-se com as partes de uma planta de cannabis é vital para selecionar o tipo e a variedade de cannabis que você deseja consumir e para reproduzir e cultivar suas próprias plantas.

Se você deseja conhecer melhor a planta de cannabis, certifique-se de conhecer as partes dentro de sua composição e a estrutura da própria planta.

A maconha e suas partes

O cannabis cresce em uma grande variedade de climas ao redor do mundo e pode ser usado em diferentes aplicações: como têxtil, biocombustível, papel e muitos outros usos médicos e recreativos. A planta faz parte da família Cannabaceae, que também inclui o lúpulo, componente central da cerveja, e é classificada como Cannabis Sativa L.

partes planta cannabis marihuana

Cada parte da planta serve para um propósito, e, embora uma planta de cannabis como um todo seja certamente maior do que a soma de suas partes, o conhecimento de suas partes pode mudar sua experiência e apreciação da mesma.

A seguir, descreveremos cada uma das partes da planta e as funções que desempenham.

Flores

As flores da planta fêmea de maconha podem ser identificadas por suas pequenas estruturas em forma de lágrima, que consistem nos pistilos unidos às brácteas. As flores de maconha costumam estar cobertas por uma densa camada de tricomas de aparência escamosa, tornando-as mais desejáveis.

Cola

A parte principal da flor. Na última parte do caule de uma planta fêmea, podem-se encontrar pequenos grupos florais ou “pontos de floração”. Em geral, quanto maior, mais pesada e mais densamente coberta de tricomas for uma cola, melhor será a qualidade de suas flores, embora algumas variedades naturalmente tenham flores com estruturas mais soltas e arejadas.

Brácteas

Pequenas folhas que cercam as células reprodutivas de uma planta de cannabis fêmea. Quando essas plantas são expostas ao pólen de uma planta masculina, as brácteas envolvem e protegem as cápsulas de sementes.

Tricomas

Os tricomas da maconha são apêndices peludos encontrados na superfície da planta de cannabis. Os tricomas protegem a planta contra fatores estressantes externos e contêm glândulas resinosas que produzem flavonoides, canabinoides e terpenos, os compostos químicos que conferem à planta de maconha suas características e efeitos únicos. Os tricomas conferem aos buds de cannabis um brilho semelhante ao cristal e também uma sensação pegajosa ao toque.

Dentro dos tricomas glandulares, existem três tipos principais: bulbosos, glandulares sésseis (capitate-sessile) e glandulares-entrelaçados (capitate-stalked). Os tricomas não glandulares são chamados de cistolitos. Os tricomas bulbosos são diminutos bulbos escassamente distribuídos por toda a planta e são tão pequenos que não podem ser vistos a olho nu. Os tricomas sésseis são mais abundantes e estão localizados na parte inferior das folhas de açúcar e nas folhas abanico, mas geralmente só são visíveis através de um microscópio. Os tricomas entrelaçados têm a forma de cogumelos e contêm uma grande cabeça de tricoma na parte superior do caule. Esses são os tricomas facilmente reconhecíveis na superfície da flor de cannabis.

Nodos

O ponto em que o caule e a folha se cruzam. Os nós podem conter uma ou mais folhas ou ramificações. Como será explicado adiante, é importante saber reconhecer os nós, pois é neles que as plantas de cannabis começam a desenvolver sacos de pólen (plantas de cannabis macho) ou pistilos (plantas de cannabis fêmea). Compreender o sexo de uma planta de maconha é fundamental para o produto final, uma vez que apenas as fêmeas produzem flores, e as flores não polinizadas são muito superiores em termos de consumo em relação aos buds polinizados.

Hojas Abanico

As folhas são componentes importantes nas plantas de maconha e existem dois tipos. As grandes e proeminentes folhas que aparecem ao longo da planta são chamadas de folhas abanico. Essas folhas são essenciais para a fotossíntese da planta viva, mas são sempre removidas do produto final e colhido.

Hojas de Açúcar

Em contraste com as folhas abanico, as folhas de açúcar são pequenas folhas encontradas nos buds das colas e geralmente são removidas da flor após a colheita. São chamadas de “folhas de açúcar” devido ao alto teor de tricomas, o que faz com que pareçam cobertas de açúcar. As folhas de açúcar podem ser usadas para fazer comestíveis ou concentrados.

Tallo

A principal estrutura de suporte da planta de maconha. O caule transporta fluidos, nutrientes e informações das raízes para o resto da planta de cannabis. O caule fornece uma base para dar às folhas abanico o acesso à luz necessária para crescer e suportar o peso das colas pesadas.

Pistilos vs. Estigmas

Muitas vezes, há muita confusão em torno dos pistilos e dos estigmas, e muitas pessoas os confundem. Aqui está uma rápida explicação das diferenças entre esses dois componentes importantes da planta de cannabis.

O que é um pistilo?

O pistilo é a parte principal do sistema reprodutivo da flor feminina, que consiste em um único óvulo com dois estigmas proeminentes.

O que são os estigmas?

Os finos pelos que se estendem das brácteas da fêmea para capturar o pólen masculino. Eles são comumente confundidos com os pistilos. Saber como identificar os estigmas é uma parte importante do cultivo da planta, pois é o sinal revelador de que uma planta é fêmea e, portanto, produzirá as flores ricas em canabinoides que você está tentando colher.

Foto: Gina Coleman/Weedmaps

Tipos de plantas de maconha

Se você deseja estar em contato com as origens de seus produtos de cannabis favoritos, é bom começar conhecendo os detalhes das plantas no núcleo da indústria. Isso inclui não apenas as partes específicas das plantas de cannabis, mas também os diferentes tipos e variedades de cannabis existentes.

Além de entender as diversas partes de uma planta de maconha, você também deve conhecer os diferentes tipos de cannabis. Embora haja alegações de longa data sobre os efeitos das variedades índica, sativa e híbrida, pesquisas atuais sugerem que os efeitos da cannabis são determinados pelo sistema endocanabinoide de cada pessoa e pelo perfil canabinóide específico da planta.

Apesar disso, a cannabis costuma ser classificada em quatro categorias diferentes:

Índica

As plantas de maconha índica tendem a desenvolver buds densos, grossos e pesados durante a fase de floração. Acredita-se geralmente que essas variedades proporcionam aos consumidores um “efeito corporal” em vez de um efeito mais cerebral.

Sativa

As plantas sativa tendem a produzir buds que são mais leves e bem formados do que os das plantas índica. Muitas vezes, diz-se que as variedades sativa da planta oferecem aos usuários um efeito mais cerebral e energético.

Híbrida

Como uma mistura entre sativa e índica, geralmente se acredita que as variedades híbridas proporcionam um efeito mais equilibrado.

Cânhamo

As plantas de cânhamo fazem parte da família da cannabis, mas diferem das plantas de maconha apenas na produção de quantidades mínimas de THC, o canabinoide responsável pelos efeitos intoxicantes da planta de cannabis. Nos EUA, a Lei Agrícola de 2018 especificou que o cânhamo é uma planta de cannabis que contém até 0,3% de THC. No entanto, as plantas de cânhamo produzem outros canabinoides importantes, especialmente o CBD, e suas fibras também podem ser usadas para produzir têxteis.

partes planta cannabis marihuana

Via Weedmaps, traduzido por El Planteo

Publicação original: agosto 2020

Mais conteúdo de El Planteo:

¿Tienes ideas o comentarios? Puedes contactarnos en info@elplanteo.com

Síguenos en Instagram, Facebook y Twitter.



Todo el material compartido por ElPlanteo.com tiene fines únicamente periodísticos e informativos.

Weedmaps Español

ACERCA DEL AUTOR

El popular sitio de marihuana, Weedmaps, nos comparte su contenido exclusivo. Guías sobre cannabis, genéticas, dispensarios, cepas, variedades y más.

También puede interesarte

australia impuestos marihuana
Festival 420
elecciones chile cannabis