qué es un blunt

ABC

O Que é um Blunt e Como Fazer um Blunt em 8 Etapas [Guia]

Por Weedmaps

O Que é um Blunt e Como Fazer um Blunt em 8 Etapas [Guia]

✍ 18 September, 2023 - 11:39


¡No te pierdas ni una noticia! Suscríbete a nuestra newsletter GRATUITA y súmate a nuestro canal de Telegram o canal de WhatsApp.

Anuncia en El Planteo, el medio cannábico más leído en el mundo de habla hispana.

Síguenos en redes sociales para más contenido exclusivo: Instagram // Facebook // Twitter


“Eu fico louco quando acendo um blunt”, diz Arcángel. Muitos outros músicos falam sobre blunts e Backwoods.

Mas afinal, o que é um blunt? Aqui explicamos.

Conteúdo

  • O que é um blunt?
  • O que você precisa para fazer um blunt
  • Como enrolar um blunt, passo a passo
    1. Passo 1: Triture sua maconha
    2. Passo 2: Escolha sua envoltura
    3. Passo 3: Quebre a envoltura
    4. Passo 4: Umideça a envoltura
    5. Passo 5: Coloque a maconha na envoltura
    6. Passo 6: Enrole seu blunt
    7. Passo 7: Feche seu blunt
    8. Passo 8: Acenda seu blunt e aproveite
  • Por que as pessoas gostam de blunts
  • Por que as pessoas odeiam blunts
  • Conclusão

O que é um blunt?

Um blunt é semelhante a um baseado, pois é essencialmente um cigarro de maconha. No entanto, a diferença fundamental entre um blunt e um baseado é que o blunt é envolvido em folha de tabaco (como os charutos), em vez de papel. Essa característica confere muitas das qualidades distintivas do blunt, incluindo sabor, aroma, efeito e tempo de queima.

Conteúdo relacionado: Passo a Passo: Como Fazer um Baseado em Forma de Cone ou Bastão

o que é um blunt

Dentro da comunidade da maconha, os blunts podem ser um tanto controversos. Alguns fumantes são ávidos apreciadores dos blunts, enquanto outros não suportam os odores e sabores por vezes fortes associados à envoltura de folha de tabaco. Aprender a fazer um blunt perfeito requer prática, portanto, se não tiver sucesso de imediato, continue tentando!

O que você precisa para fazer um blunt

Para fazer e fumar blunts, você precisará de alguns componentes-chave. Obviamente, você precisará da variedade de maconha que preferir. Uma vez que você terá que moer os buds antes de enrolar o blunt, é melhor ter também um triturador confiável. Para manter a área de trabalho organizada, uma bandeja de preparo também será útil.

Conteúdo relacionado: Como Fazer um Baseado Básico: 6 Dicas que Podem Ajudar

preparar um blunt

Além disso, você precisará dos papelillos. Os papelillos de preparo são o elemento mais importante, já que a envoltura de folha de tabaco é a própria definição do que faz um blunt ser um blunt. Escolher a envoltura de tabaco certa é fundamental para fazer blunts, uma vez que os apreciadores desse tipo de baseado tendem a ser muito leais a uma marca específica de envoltura de tabaco, usando quase exclusivamente a marca que escolherem.

Existem duas formas principais de adquirir papel de folha de tabaco. Tradicionalmente, você compra um charuto ou um mini charuto pré-enrolado, esvazia o conteúdo e depois reutiliza o papel (que é de folha de tabaco) preenchendo-o com maconha antes de enrolar novamente. Marcas populares de charutos e mini charutos incluem:

  • Swisher Sweets
  • Dutch Masters
  • Backwoods
  • White Owl
  • Phillies

Conteúdo relacionado: Como Fazer um Baseado Backrolled de Maconha, o Baseado com Menos Papel

O outro tipo de envoltura de blunt é um papel de folha de tabaco que vem pronto e não é um charuto ou mini charuto pré-enrolado. Os envoltórios Zig Zag Blunt Wraps são provavelmente os mais comuns dessa categoria.

Como enrolar um blunt, passo a passo

Passo 1: Triture sua maconha

Antes de começar a enrolar o blunt, é uma boa ideia fazer um pouco de preparação. Isso significa ter sua maconha triturada e pronta para usar. Dessa forma, quando você desmontar e limpar a envoltura de folha de tabaco, poderá passar diretamente para enrolar sua maconha moída.

Conteúdo relacionado: Tudo sobre Vaporizadores de Maconha

A melhor maneira de triturar a erva é com um triturador. Essa ferramenta oferece uma moagem mais consistente, o que se traduz em um baseado que queima de forma mais suave e uniforme. Se você não tiver um triturador, desfaça a maconha cuidadosamente com os dedos. Tente separá-la em pedaços pequenos que tenham aproximadamente o mesmo tamanho. À medida que avança, seja o mais delicado possível para minimizar o dano aos tricomas ricos em canabinoides.

picar maconha

Passo 2: Escolha sua envoltura

Como mencionado anteriormente, fumantes experientes costumam se definir pela envoltura que escolhem. Se você é novo nos blunts, experimente com várias marcas diferentes. Você pode até querer experimentar uma envoltura com sabor. Desfrute descobrindo qual envoltura de blunt você mais gosta. Ou, se você gosta de algumas marcas diferentes, fique à vontade para variar conforme seu humor.

Passo 3: Quebre a envoltura

A maneira mais limpa e precisa de quebrar a envoltura é usar uma lâmina de barbear ou um estilete afiado para dividi-la ao meio. Você também pode usar as mãos; apenas tenha muito cuidado para não rasgar ou rachar a envoltura. Depois de abrir o charuto ou mini charuto, simplesmente esvazie e descarte o tabaco que estava dentro, ou guarde-o para uso futuro.

Conteúdo relacionado: Arte com Maconha: Como Fazer um ‘Baseado Cruzado’ e Outros Baseados Criativos

Passo 4: Umedeça a envoltura

É uma boa ideia umedecer levemente a envoltura, pois isso torna a folha de tabaco mais flexível e fácil de trabalhar. Você pode usar água ou saliva para isso. Algumas pessoas lambem a envoltura do blunt, enquanto outras usam um pincel umedecido com água. Faça o que fizer, não a molhe demais, você não quer que tudo se desfaça. Apenas umedeça a envoltura o suficiente para facilitar o manuseio.

Passo 5: Coloque a maconha na envoltura

Segure a envoltura de folha de tabaco com uma mão, geralmente a mão não dominante. Coloque seus dedos indicadores e polegares de forma que a envoltura fique em forma de U. Agora, pegue sua maconha moída e coloque-a dentro da envoltura de folha de tabaco, formando uma linha ao longo de todo o comprimento. Certifique-se de não encher demais, você ainda precisa de espaço suficiente para enrolar a folha de tabaco em um cilindro que envolva completamente a maconha.

Conteúdo relacionado: Noções Básicas de Maconha: É Melhor Usar Filtro no Baseado?

montar um blunt

Passo 6: Enrole seu blunt

Use ambas as mãos para balancear suavemente a envoltura para frente e para trás. À medida que você faz esse movimento, aperte e alinhe a maconha. Essa técnica começará a dar ao seu blunt uma forma cilíndrica de espessura uniforme. Quando você tiver a forma certa, traga uma borda da envoltura para cima e sobre a maconha, e encaixe-a sob o lado oposto da envoltura. Neste ponto, a envoltura deve cobrir completamente a maconha.

como montar maconha

Passo 7: Feche seu blunt

Segure a borda da envoltura que agora está acima da outra borda e use sua língua para umedecê-la. Lambe o interior da envoltura e, quando estiver úmida, pressione-a sobre a outra borda. A umidade deve fazer com que o tabaco grude em si mesmo, selando assim o fechamento do blunt. Certifique-se de que a costura que você acabou de fazer esteja selada ao longo de todo o blunt.

Conteúdo relacionado: Estudo: Fazer um Bom Baseado Pode Influenciar Mais a Larica do que a Potência da Maconha?

Passo 8: Acenda seu blunt e aproveite

Agora é a hora de acender uma ponta do seu blunt e tragar a fumaça. Aproveite!

Conteúdo relacionado: Como Fumar Maconha sem Precisar Enrolar um Baseado

Por que as pessoas gostam de blunts

Muitos consumidores de maconha têm opiniões fortes sobre blunts. Aqueles que gostam realmente os amam. Existem várias razões pelas quais os amantes preferem esse método a outros:

  • Sabor e aroma: muitos fãs de blunts apreciam os sabores e aromas adicionais que vêm da envoltura de folha de tabaco. Os entusiastas costumam gostar de misturar e combinar envolturas com diferentes cepas. Alguns fumantes de blunts também gostam de experimentar envolturas com sabor, o que adiciona ainda mais complexidade aos perfis de sabor e aroma da experiência de fumar.
  • Queima lentamente: os blunts tendem a queimar por mais tempo do que os baseados comuns, proporcionando aos fumantes uma experiência mais parecida com a de fumar um charuto ou mini charuto lentamente.
  • Versatilidade: em comparação com outros métodos menos portáteis, como um bong ou dabbing, os blunts são incrivelmente versáteis. Você pode enrolar um a qualquer momento e em qualquer lugar, e eles são igualmente eficazes para fumar sozinho ou socialmente.
  • Efeitos: a envoltura de folha de tabaco introduz uma nova e muitas vezes intensificada sensação de estar chapado. A combinação de tabaco e maconha resulta em uma experiência diferente para muitas pessoas, que apreciam essa combinação.
  • Tradição: para alguns, o ritual de enrolar e fumar um blunt é uma parte importante da cultura da maconha. É uma maneira de se conectar com a história e a tradição da cannabis, que inclui o uso de charutos e mini charutos.

Conteúdo relacionado: Por que a Maconha Dá Larica? Os Mecanismos que Causam a Fome

É importante notar que nem todo mundo gosta de blunts, e algumas pessoas preferem métodos diferentes de consumo de maconha. A escolha entre um blunt, um baseado, um bong, um vaporizador ou qualquer outro método é uma questão de preferência pessoal.

Por que as pessoas odeiam blunts

Assim como existem muitos entusiastas de blunts, também há muitos críticos. Alguns dos principais motivos pelos quais as pessoas podem não gostar de blunts incluem:

  • Cigarro de tabaco: a envoltura de folha de tabaco torna os blunts semelhantes a cigarros de tabaco, e muitas pessoas não gostam de tabaco ou querem evitar o consumo de tabaco devido aos riscos à saúde associados a ele.
  • Sabor e aroma: embora algumas pessoas apreciem os sabores e aromas adicionais da envoltura de folha de tabaco, outras podem achá-los desagradáveis ou muito fortes.
  • Fumo pesado: como os blunts são maiores do que os baseados comuns, eles podem resultar em uma quantidade significativamente maior de fumaça sendo inalada. Isso pode ser desconfortável para algumas pessoas, especialmente se elas não estiverem acostumadas a fumar tanto de uma vez.
  • Saúde: o fumo de qualquer tipo não é saudável para os pulmões, e algumas pessoas preferem métodos de consumo de maconha que são menos prejudiciais à saúde, como vaporização ou comestíveis.
  • Alergias e sensibilidades: algumas pessoas podem ser alérgicas ou sensíveis à folha de tabaco, o que pode causar reações adversas ao fumar blunts.

É importante respeitar as preferências individuais quando se trata de métodos de consumo de maconha. Se alguém não gosta de blunts, é importante não pressioná-lo a fumar um. Cada pessoa tem o direito de escolher como prefere consumir maconha, se é que o faz.

Conclusão

Os blunts são uma forma popular e apreciada de consumir maconha para muitos entusiastas. Eles oferecem sabores e aromas únicos, queima lenta e versatilidade. No entanto, também não são para todos, e algumas pessoas preferem métodos de consumo de maconha que não envolvam tabaco.

Se você está interessado em experimentar um blunt, agora tem as informações necessárias para enrolar um. Lembre-se de praticar e aperfeiçoar sua técnica com o tempo. E, acima de tudo, aproveite com responsabilidade e dentro dos limites legais da sua jurisdição.

Via Weedmaps, traduzido por El Planteo

Fotos: Gina Coleman/Weedmaps

Publicação original: agosto 2020

Mais conteúdo de El Planteo:

¿Tienes ideas o comentarios? Puedes contactarnos en info@elplanteo.com

Síguenos en Instagram, Facebook y Twitter.



Todo el material compartido por ElPlanteo.com tiene fines únicamente periodísticos e informativos.

Weedmaps Español

ACERCA DEL AUTOR

El popular sitio de marihuana, Weedmaps, nos comparte su contenido exclusivo. Guías sobre cannabis, genéticas, dispensarios, cepas, variedades y más.

También puede interesarte